Ana Amélia defende necessidade de aprovar MP que permitiu saques do FGTS


Área: Senado - Fonte: Senado Federal

Ana Amélia defende necessidade de aprovar MP que permitiu saques do FGTS

A senadora Ana Amélia (PP-RS) ressaltou a necessidade da aprovação da Medida Provisória (MP) 763/2016, que autorizou os saques das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Caso não seja votado e aprovado no Plenário da Câmara dos Deputados e do Senado, o texto perderá sua validade no dia 1º de junho.

Ana Amélia criticou partidos como o PT, PCdoB, PSOL e Rede, que ameaçam votar contrariamente à MP, como forma de punição ao presidente da República, Michel Temer. Para a senadora, a atitude da oposição é “incoerente e injusta”, podendo prejudicar os cerca de 15 milhões de trabalhadores nascidos entre setembro e dezembro, que podem vir a perder o direito ao benefício.

Segundo Ana Amélia, a medida é relevante porque somente os primeiros saques injetados na economia já superaram R$ 24 bilhões.

— O que a oposição precisa entender: não adianta ser contra o Brasil. Seja contra o Temer, seja contra os seus adversários políticos, mas não seja contra os trabalhadores brasileiros.

Crise política e reforma eleitoral

Ao citar a situação de crise profunda no país, a senadora Ana Amélia pediu reflexão sobre as mudanças necessárias no sistema político brasileiro. Ela salientou a importância de alterações recentes na lei eleitoral, como o encurtamento do tempo de campanha e a proibição de doações empresariais a candidatos. Porém, Ana Amélia entende que o Parlamento não pode fugir à responsabilidade de promover novas reformas eleitorais.

A senadora, que cobrou equilíbrio diante das turbulências, também criticou a posição do Partido dos Trabalhadores sobre as denúncias contra o presidente Michel Temer.

— Não venham aqui passar de santos. Enquanto o partido não reconhecer os erros que cometeu e continuar usando a soberba e apostando no quanto pior, melhor, a sociedade saberá fazer esse julgamento na hora certa.

A senadora declarou esperar que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decida pela cassação da chapa Dilma-Temer: em seu entendimento, tal decisão seria o meio mais rápido de encerrar a crise de credibilidade que pesa sobre o governo federal.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Endereço: http://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2017/05/23/ana-amelia-defende-necessidade-de-aprovar-mp-que-permitiu-saques-do-fgts