César Ulian, prefeito eleito de Flores da Cunha / RS

A conexão com a comunidade

Publicado em 08/12/2020 18:11 - Atualizado há 4 meses

Ouvir as pessoas parece ser o segredo de César Ulian. Foi escutando os anseios da comunidade de Flores da Cunha/RS que se elegeu prefeito nessas eleições. "A verdadeira política contribui para um mundo mais justo. Ela é feita de pessoas para pessoas. Acredito que, ouvindo os anseios da nossa comunidade, podemos fazer mais por ela”, resume.

A vontade de ajudar o próximo vinha dos trabalhos na Igreja Católica. César Ulian participou de diversos deles na Catequese, Cenáculo, Liturgia e Pastoral do Batismo. Até que decidiu dar um passo além, em 2016, ao se candidatar a uma vaga na Câmara Municipal. Foi o vereador do Progressistas mais votado na cidade. E construiu o mandato escutando os problemas e sugestões da comunidade. O projeto Gabinete de Rua era, justamente, estabelecer linha direta entre o mandato e a população.

Pelo reconhecimento do trabalho, foi convidado a ser candidato a prefeito. E, novamente, colocou o cidadão na elaboração das propostas. ”Muito antes da campanha começar, nós realizamos uma ampla pesquisa de opinião em todos os bairros e ouvimos especialistas de cada área para conhecer as necessidades de Flores da Cunha”, recorda.

Eleito, uma das metas do novo prefeito quer trabalhar é fortalecer o empreendedorismo, promovendo qualificação e consultoria por meio de parcerias entre administração pública, entidades representativas e setor privado.

César relembra que já participou dos Jovens Progressistas no Rio Grande do Sul e ressalta o papel da estrutura partidária na formação de novos quadros. "A Fundação Milton Campos exerce um trabalho de cidadania muito importante e possibilita diversos encontros e ações que visam a reflexão e o desenvolvimento”, destaca César Ulian.

Para as futuras lideranças, César Ulian aconselha seguir a receita que funcionou com ele, ouvir: "A comunidade espera por uma palavra, um gesto, uma solução. Nós assumimos um compromisso muito importante e é por ele que devemos lutar diariamente”.

Baixe aqui a revista digital Gestão Progressista.

Confira a entrevista com o prefeito eleito de Flores da Cunha/RS:

- Em que momento da vida você decidiu se lançar na política?

César Ulian: Eu sempre tive o desejo de fazer mais pelas pessoas. Por isso, me envolvi em diversos trabalhos junto à Igreja Católica, como Catequese, Cenáculo, Liturgia e Pastoral do Batismo. Sou filiado ao Progressistas (PP) desde setembro de 2003. O nascimento do meu primeiro filho, João Paulo, me motivou para dar um passo além: em 2016 aceitei o convite para envolver-me mais ativamente na política e fui eleito o vereador Progressista mais votado no município de Flores da Cunha. Com muito trabalho, responsabilidade e dedicação, exerci o meu mandato sempre ouvindo os anseios e desejos da nossa comunidade, especialmente através do projeto Gabinete na Rua.

Nestes quatros anos, cresceu em meu coração a vontade de poder contribuir para uma cidade ainda melhor. Fui convidado a ser o candidato a prefeito de Flores da Cunha pelo Progressistas, na coligação juntamente com o Republicanos e o Patriota. Fui eleito, ao lado de meu vice, Marcio Rech, com 9.903 votos.

- Como foi seu trabalho para levantar os temas que você levaria para a campanha?

César Ulian: Muito antes da campanha começar, já estávamos ouvindo as pessoas. Nós realizamos uma ampla pesquisa de opinião em todas as comunidades e bairros e ouvimos especialistas de cada área para conhecer as necessidades de Flores da Cunha. Chamamos o nosso plano de governo de Proposta Viva, ou seja, construímos as propostas junto com a comunidade. As propostas foram divididas em cinco diretrizes: bem-estar, colaboração, empreender, respeito e efetividade. Elas estão separadas em 10 áreas: Desenvolvimento Econômico; Esporte e Lazer; Segurança;  Turismo e Cultura; Educação; Saúde; Assistência Social; Infraestrutura Municipal; Administração Pública; Setor Agro.

- Qual será o desafio de favorecer políticas públicas para o empreendedorismo?

César Ulian: Durante a campanha, tínhamos um propósito que era: inspirar, inovar e agir para valorizar Flores, fortalecendo pessoas e negócios locais. Flores da Cunha é um município pujante e economicamente forte. Sabemos que com o auxílio do poder público é possível avançar ainda mais. Por isso, vamos gerar incentivos aos negócios locais para fortalecer e empreender nosso setor produtivo. Devemos incentivar os nossos negócios com o desenvolvimento de programas de qualificação e consultoria através da parceria entre administração pública, entidades representativas e setor privado.

- Qual a participação dos movimentos partidários e da Fundação Milton Campos na sua trajetória?

César Ulian: Sou filiado ao Progressistas (PP) desde 2003. Comecei integrando o grupo da juventude do partido, o qual fui presidente por dois anos. Sempre esteve em mim o sentimento de servir e ajudar ao próximo. Com a juventude, realizamos diversas atividades em prol da comunidade, como troca-troca de livros, doação de sangue, campanhas de arrecadação de brinquedos e donativos para serem distribuídos no Natal, entre outras ações. A Fundação Milton Campos exerce um trabalho de cidadania muito importante e possibilita diversos encontros e ações que visam a reflexão e o desenvolvimento. Tive a oportunidade de participar de várias edições do Caldeirão da Juventude, que inclusive também foi realizado em Flores da Cunha. Além disso, ressalto a importância de campanhas como a “Bebida: Lazer com Responsabilidade”, desenvolvida pela Fundação, que objetiva prevenir o uso indevido do álcool com ações como palestras, seminários e cartilha.

- Quê conselhos você daria para quem tem interesse em entrar na vida política

César Ulian: A verdadeira política contribui para um mundo mais justo. Ela é feita de pessoas para pessoas. Acredito que, ouvindo os anseios da nossa comunidade, podemos fazer mais por ela. Por isso, incentivei amigos e conhecidos a iniciarem na vida política. O meu conselho é que quem deseja ingressar na política olhe pelas pessoas. A comunidade espera por uma palavra, um gesto, uma solução. Nós assumimos um compromisso muito importante e é por ele que devemos lutar diariamente.